Extensão do Expediente Bancário durante o Mutirão do Programa Desenrola Indivíduos com rendimento máximo de dois salários mínimos e endividados até o valor de R$ 20 mil terão a chance de renegociar suas pendências financeiras. O Programa Desenrola Brasil iniciará um mutirão de negociação nesta quarta-feira (22), em colaboração com entidades civis, bancos e demais credores. O intuito do Dia D – Mutirão Desenrola é incentivar acordos de dívidas e ampliar o acesso ao programa. O Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal abrirão suas agências com uma hora de antecedência nesta quarta. Instituições financeiras privadas também operarão em horário expandido, contudo, o expediente de cada agência variará conforme as diretrizes internas das respectivas entidades. O mutirão foi um dos assuntos discutidos em uma transmissão ao vivo protagonizada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro da Economia, Fernando Haddad, realizada na terça-feira (21). Eles se juntaram no quadro “Conversa com o Presidente” para debater os progressos do mutirão e difundir as atividades programadas para o Dia D do Desenrola. Estudantes ou egressos do ensino superior com inadimplementos junto ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) também poderão renegociar seus débitos, aproveitando descontos de até 99%. Para isso, devem dirigir-se à agência bancária responsável pelo seu financiamento.

Extensão do Expediente Bancário durante o Mutirão do Programa Desenrola: Próximo Passo

A partir de segunda-feira (20), o Programa Desenrola Brasil avançou para um novo estágio. A Faixa 1, voltada a devedores com ganhos de até dois salários mínimos ou inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), começou a permitir a renegociação de dívidas até R$ 20 mil. O endividamento entre R$ 5.000,01 e R$ 20 mil, com os valores atualizados, poderá ser redefinido até o dia 30 de dezembro. Depois dessa data, os abatimentos permanecem, mas o pagamento da dívida terá que ser à vista. A Faixa 1 abarca tanto as pendências bancárias, como faturas de cartão de crédito, quanto as contas em atraso de setores diversificados, tais como energia, água e comércio varejista. Desde o começo de outubro, a Faixa 1 do Desenrola vem possibilitando a negociação de dívidas de até R$ 5 mil através da plataforma criada pela B3, acessível pelo site oficial. A portaria que rege o programa estabelece que, caso existam recursos remanescentes no Fundo Garantidor de Operações (FGO), uma reserva do Tesouro Nacional que cobre possíveis inadimplências no processo de renegociação, haveria a expansão do refinanciamento para dívidas de até R$ 20 mil após os 40 primeiros dias. Para ingressar na plataforma de negociação, o consumidor necessita estar registrado no Portal Gov.br com uma conta de nível prata ou ouro, além de manter seus dados pessoais atualizados. Posteriormente, o endividado deve optar por uma instituição financeira ou empresa inscrita no

Como Renegociar Dívidas

Para iniciar a renegociação, selecione a quantidade de prestações desejadas e realize o pagamento. O site irá exibir as dívidas com um ranking de abatimentos, partindo dos maiores descontos. Durante o processo de leilões, 654 companhias fizeram ofertas, com um desconto médio de 83% sobre o montante originalmente devido. Porém, em determinadas situações, essa redução pode ser ainda maior, ultrapassando os 83% e atingindo até 99% de desconto em certas atividades econômicas. O cliente terá a chance de dividir o montante devido em até 60 vezes, com taxas de juros que atingem 1,99% mensais.

Início do Processo

O programa Desenrola engloba dívidas que foram registradas como inadimplentes entre 1º de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2022. A fase inicial, que começou em julho e era direcionada principalmente para a Faixa 2, conseguiu acordos de aproximadamente R$ 15,8 bilhões em 2,22 milhões de contratos em pouco mais de dois meses, encerrando-se no término de setembro. De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), tal volume representa cerca de 1,79 milhão de consumidores, considerando que um indivíduo pode ter múltiplas dívidas. Adicionalmente, 6 milhões de indivíduos que possuíam pendências até R$ 100 lograram limpar seus nomes no cadastro. Esses débitos não foram anulados, apenas continuaram acumulando correções, contudo as instituições bancárias removeram as restrições para os devedores, liberando-os para atividades como formalizar contratos de locação, acordar novos empréstimos e realizar compras a prazo. Para dívidas nesse patamar de valor, a retirada das restrições foi uma exigência para que os bancos participassem do Desenrola. Em contraste com a segunda fase, somente débitos junto a entidades bancárias são cobertos na etapa inicial. São elegíveis para a negociação indivíduos com renda mensal de até R$ 20 mil e passivos de qualquer montante, o que inclui a possibilidade de acertar pendências como financiamentos de automóveis e imóveis. As solicitações de renegociação para a Faixa 2 devem ser realizadas por meio dos canais de atendimento da respectiva instituição financeira, que incluem aplicativos, websites e pontos de atendimento presenciais. Visite o [site oficial do Desenrola](#) para mais informações e siga os passos necessários para limpar seu nome. Caso precise de orientação sobre finanças pessoais e gestão de dívidas, confira [este artigo](#) com dicas valiosas.

Add New Playlist